Siga-nos!

Dia nacional da imunização

Publicado em:
Categoria: Gestão em Saúde

No dia 09 de junho, se comemora o Dia Nacional da Imunização no Brasil, data oportuna para reforçar a importância das vacinas e mobilizar esforços coletivos para aumentar as taxas de imunização em todo o mundo.

Geralmente, este dia é marcado por campanhas educativas, eventos de vacinação e atividades voltadas para esclarecer dúvidas e combater mitos relacionados às vacinas. 

Cenário da saúde

No cenário da saúde, a imunização desempenha um papel vital na proteção individual e coletiva contra uma variedade de doenças infecciosas.

É um instrumento poderoso que permite prevenir doenças que, no passado, causavam grande impacto na saúde pública.  

O Brasil destaca-se como referência mundial em imunização, ou seja, somos uma das populações mais imunizadas do mundo.

São mais de 300 milhões de doses anuais, incluído na rotina 20 vacinas que protegem o indivíduo em todos os ciclos de vida (crianças, adolescentes, adultos, idosos e gestantes). 

Cenário atual

Atualmente, de acordo com o calendário vacinal, são disponibilizadas pela rede pública de saúde de todo o país, vacinas que combatem mais de 20 doenças, sendo as principais: Poliomielite; Tétano; Coqueluche; Haemophilus influenzae do tipo b; Sarampo; Rubéola; Caxumba; Febre Amarela; Difteria; Hepatite B. 

Nos últimos anos, o Brasil tem enfrentado o ressurgimento de algumas doenças que estavam sob controle, sendo o sarampo um exemplo preocupante.

Entre 2018 e 2022, os dados do Ministério da Saúde revelam um aumento alarmante nos casos confirmados: 9.325 (2018), 20.901 (2019), 8.100 (2020), 676 (2021) e 44 (2022).

A queda nos casos entre os últimos anos citados, pode ser atribuída à campanha de conscientização e à divulgação dos casos, que se tornaram de grande preocupação tanto para o governo quanto para a população.

Desta forma, é fundamental que a população esteja ciente desses desafios e busque a vacinação adequada, não apenas para sua própria proteção, mas também para a proteção da comunidade como um todo.  

Ações da Qualirede

A Qualirede promove, frequentemente, ações de incentivo às principais vacinas, principalmente nas Clínicas de APS. Em fevereiro de 2024, a clínica de APS da Qualirede em Recife organizou uma ação de vacinação que mobilizou muitas pessoas.

Foram oferecidas vacinas como: Hepatite B, pediátrica e adulto, DT, influenza, HPV e Febre Amarela. A ação foi um sucesso e necessitou de extensão do horário de atendimento. 

O enfermeiro coordenador da Clínica de APS em Recife, Tulio Alves, destaca a importância da vacinação e campanhas como essa: 

“A clínica de APS Qualirede Recife segue fortalecendo as estratégias de promoção da saúde e prevenção de agravos à saúde com uma campanha de vacinação para os beneficiários do TRT6 Saúde, Fisco Saúde e ADUFEPE Saúde com o objetivo de atualizar as carteiras de vacina ou da sequência a vacinação do esquema básico. Esse tipo de campanha é muito importante para fortalecimento do SUS que nos cedeu todas as vacinas e a Qualirede, que mostra o seu compromisso de levar mais saúde, para mais pessoas.”

O papel da APS

Na área da saúde, a APS desempenha um papel crucial em campanhas de vacinação, servindo como um vínculo vital entre a comunidade e os serviços de saúde. 

Com uma equipe próxima da população, os profissionais da APS têm um conhecimento profundo das necessidades locais. Isso permite uma abordagem personalizada durante as campanhas de vacinação, identificando grupos prioritários e locais estratégicos para ações específicas.  

Além disso, a APS é responsável pelo acompanhamento pós-vacinação, verificando possíveis reações e garantindo que os protocolos sejam seguidos. Isso é fundamental para a eficácia e segurança da vacinação. 

A manutenção de registros precisos também é uma responsabilidade da APS, assegurando que as pessoas estejam em dia com seus esquemas de vacinação, o que é essencial para a prevenção de doenças e proteção da saúde individual e coletiva.

Você pode se vacinar gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde – UBS em todo o País. Procure sua equipe multidisciplinar, com cartão de vacinação e siga as orientações dos profissionais de saúde.  

Vacinar vai muito além do autocuidado, é também um ato de cidadania.  

Co-autoras do conteúdo:

Enfª Lívia Mariah Soares, COREN/SC: 713031, Enfª. Patricia Santana Caldas Vieira – COREN/BA: 259.639 e Enfª Querolay M. dos Santos Ribeiro, COREN/SC:792.202 

Referências:  

Ministério da Saúde (BRASIL). Situação epidemiológica do sarampo no Brasil, 2018-20Brasília: Ministério da Saúde; [ano de publicação não disponível]. Disponível em:https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/s/sarampo/situacao-epidemiologica-do-sarampo. Acesso em 27 maio 2024. 

Ministério da Saúde (BRASIL). Calendário Nacional de Vacinação. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/vacinacao/calendario. Acesso em: 27 maio 2024.   

Ministério da Saúde (BRASIL). Doenças Preveníveis por Meio da Vacinação. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/doencas-preveniveis-por-meio-da-vacinacao. Acesso em: 27 maio 2024. 

Compartilhe esse post!

Fale com o nosso time comercial e personalize sua solução!

Se inscreva na Newsletter:

Biblioteca de conteúdos
Gratuitos:

Destaques do Blog:

Julho Amarelo: Mês de luta contra as hepatites virais 

Qualirede celebra 15 anos

#NaMidia: Qualirede na Revista Panorama da Saúde Digital

Qualirede: Excelência em soluções em saúde no setor público

Atenção Integral à Saúde da Qualirede